Laudo para Raio

A definição de laudo para raio está relacionada com a idéia generalizada da identificação dos riscos de choque elétrico que pode acometer os trabalhadores.

A principal finalidade do laudo para raio é a elaboração de documento de responsabilidade do engenheiro elétrico, atestando as condições da distribuição da eletricidade dentro das empresas.

Outro objetivo do laudo para raio é verificar os requisitos e condições mínimas de controle e sistemas preventivos, do sistema elétrico, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas ou serviços com eletricidade, bem como, detectar e apontar para os responsáveis da empresa as condições, que possam gerar insegurança nas instalações elétricas após inspeção visual (metodologia) e para que os mesmos possam adequar as instalações às normas vigentes, satisfazendo aos requisitos estabelecidos, a fim de garantir o seu funcionamento, a segurança de pessoas e a conservação dos bens é informar os exames complementares realizados quando da avaliação clinica.

Devem ser feitas vistorias periódicas, com atualização do laudo para raio.

A legislação relacionada ao laudo para raio indica obrigatoriedade definida de acordo com a Portaria 3214/78 e suas alterações em sua NR-13.

A excelência do laudo para raio é constituir um documento matriz, garantindo a segurança e condição de trabalho da população ativa.

A recomendação que fazemos é de sempre haver um relacionamento direto entre o laudo para raio – Programa de Avaliação de Riscos Ambientais e o PCMSO para que hajam ciclos de informações positivas e atuais a respeito das condições de trabalho.