SESMT

A definição de SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho), trata-se de um setor, um Departamento ou Área – conforme organização e estrutura das empresas, constituído de médicos, engenheiros e técnicos de segurança.

A principal finalidade SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) tem a finalidade de atuar internamente para promover a saúde e integridade do trabalhador no local de trabalho.

Outro objetivo do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho): tem como objetivo alertar e dar instruções para os funcionários sobre o aparecimento de novas doenças, esclarecimentos sobre qualquer tipo de doença e também evitar que pequenos acidentes de trabalho possam acontecer e prejudicar a empresa.

A legislação relacionada ao SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) Segundo determina a NR-4 - Norma Regulamentadora nº4, da Portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego, todas as empresas que possuam empregados regidos pela CLT deverão manter, obrigatoriamente, Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade dos trabalhadores nos locais de trabalho.

A excelência do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) é ser constituído através de profissionais habilitados, para com isso concretizar a elaboração de documento matriz, de programação com agendamento de exames clínicos e complementares, de acordo com o risco de cada ambiente de trabalho. No final dos 12 meses, um documento chamado Relatório final, deverá ser elaborado, constando todos os resultados e anormalidades encontradas.

A recomendação que fazemos é que a Gerência de Segurança do Trabalho, Saúde e Bem-estar – RH/ST responsável pela sua implementação de forma corporativa, definindo normas, procedimentos e estratégias, e fornecendo suporte necessário para que todas as áreas possam atuar na prevenção de incidentes/acidentes, na promoção da saúde e do bem-estar dos trabalhadores, bem como da comunidade, direta ou indiretamente afetada pelo sistema operacional da empresa.